0800 777 2050
(34)
(34)99982-0644
(34)98400-8040
(34)99214-8470
(34)99870-1035(EMERGÊNCIA)
Ok
Vida Nova
Série Crescimento Espiritual - Vol. 11 - Esperança: 8 Estudos Para Desenvolvimento Individual ou em Grupo
veja mais fotos
Série Crescimento Espiritual - Vol. 11 - Esperança: 8 Estudos Para Desenvolvimento Individual ou em Grupo
Série Crescimento Espiritual - Vol. 11 - Esperança: 8 Estudos Para Desenvolvimento Individual ou em Grupo
Série Crescimento Espiritual - Vol. 11 - Esperança: 8 Estudos Para Desenvolvimento Individual ou em Grupo
Série Crescimento Espiritual - Vol. 11 - Esperança: 8 Estudos Para Desenvolvimento Individual ou em Grupo
Autor (es):
De: R$ 16,20
Por 3 x de:
R$ 4,80
ou em ate 6x no cartão
Às vezes a esperança torna-se tão real que é quase tangível.Mas em outros momentos principalmente quando as tragédias ou grandes dificuldades se abatem sobre nós, imaginamos se nossa esperança nos abandonará ou nos deixará expostos, vulneráveis e vencidos. Estes estudos exploram os dois lados da esperança confrontando dúvidas e medos, mas nos relembrando da grande alegria que nos aguarda em Jesus Cristo.
Páginas: 64
Peso: 0.071
Tamanho: 14 x 21
Edição: 2009
Volume: 1
isbn: 978-85-88315-94-5
Ano Lançamento: 2009

Às vezes a esperança torna-se tão real que é quase tangível.Mas em outros momentos  principalmente quando as tragédias ou grandes dificuldades se abatem sobre nós, imaginamos se nossa esperança nos abandonará ou nos deixará expostos, vulneráveis e vencidos. Estes estudos exploram os dois lados da esperança  confrontando dúvidas e medos, mas nos relembrando da grande alegria que nos aguarda em Jesus Cristo.




 


Sumário


Obtendo o máximo de Esperança ................................................5


1- Esperando no Senhor — Salmo 27............................................9


2- Renovando suas forças — Isaías 40.25-31................................13


3- Investindo no futuro — 1Timóteo 6.3-19...................................17


4- Vivendo em esperança — 1Pedro 1.3-12...................................21


5- Desejando glória — Romanos 8.18-27......................................25


6- A vitória final — 1Coríntios 15.35-58.........................................29


7- O retorno do Rei — 1Tessalonicenses 4.13; 5.11........................33


8- Quando todas as coisas se fizerem novas — Apocalipse 21.1-8.................37


Observações para o líder.............................................................41




Introdução


 


Obtendo o máximo de Esperança


Enquanto passávamos as férias na Flórida, na primavera passada, nossa família presenciou uma cena incomum, em Marineland. Um barco minúsculo, improvisado, aportou ali sem ninguém a bordo. O barco — se é que pode ser chamado assim – era feito de velhos tambores de óleo atados por cordas. Havia uma armação grosseira de aço construída sobre os barris, enquanto folhas finas de metal sucateado e algumas pranchas de madeira velhas, unidas a marteladas, formavam o convés. Próximo à frente dessa embarcação lastimável, erguiase um mastro de madeira ao qual pedaços de tecido velhos, costurados à mão, formando uma vela, um dia estiveram amarrados. O mastro, agora, estava nu. Uma placa fixada na lateral do barco informava que ele fora construído por refugiados cubanos que tentaram chegar aos Estados Unidos, mas morreram durante a viagem. O que levou essas famílias a deixar sua terra natal e se amontoar nessa balsa tão frágil? Por que arriscaram a vida empreendendo uma viagem com tão poucas chances de sucesso? Creio que a resposta pode ser resumida em uma única palavra: esperança. Naturalmente, esperavam que os Estados Unidos lhes pudessem oferecer muito mais do que as dificuldades que conheceram em Cuba. Talvez até esperassem se reunir a entes queridos que, de alguma forma, conseguiram chegar inteiros ao seu destino. Embora sua viagem tenha terminado em tragédia, estou certo de que começou com uma expectativa cheia de esperança.De alguma maneira, essa experiência pode tornar-se uma parábola sobre nossa esperança cristã, mas a parábola se mostra diferente dependendo da perspectiva. Se adotarmos a perspectiva divina, poderemos descrever nossa viagem de modo triunfal. Nós também deixamos nossa antiga vida para trás e navegamos para um mundo novo e melhor. E o nosso barco não é frágil, mas um navio grande e poderoso, que corta as ondas, resiste à pior das tempestades e nos leva ao nosso desejado paraíso totalmente em segurança. Para o mundo secular ao nosso redor, contudo, nossa embarcação se parece mais com aquela dos refugiados. Ela é construída por duas vigas de madeira uma vez atadas e usadas para executar um homem condenado. Nossa vela é feita de antigos papiros manuscritos e pedaços de pergaminhos que descrevem acontecimentos ocorridos há dois mil anos. E nossas esperanças de alcançarmos a Terra que desejamos parecem tolas e absurdas. Para sermos honestos, devemos admitir que, às vezes, oscilamos entre essas duas perspectivas. Há momentos em que Deus parece muito próximo, e nossa esperança torna-se tão real que poderíamos tocá-la. Mas, em outros momentos, especialmente quando a tragédia e a dificuldade nos sobrevêm, imaginamos se nossas esperanças deixarão de existir, e nos deixarão expostos, vulneráveis e vencidos. Neste guia de estudo, exploraremos ambas as perspectivas. Traremos nossas dúvidas e medos à superfície e os encararemos com honestidade. Mas também permitiremos que a grande esperança que temos em Jesus Cristo confronte nossas dúvidas, acalme nossos medos e nos preencha com uma alegre expectativa. Bem-vindo a bordo!


 

Matricule-se Agora!
Selecione os cursos de sua opção:
Ao preencher este formulário declaro que li e concordo com a Política de privacidade e o contrato de prestação de serviço deste Web Site.